Realizado vs Meta no Power BI – Dashboard Imobiliária

Leonardo Karpinski

Leonardo Karpinski

Mestre do Power BI, criador do Curso Express de Power BI e Curso Completo de Power BI. Formou mais de 16 mil alunos nos últimos anos e participou de projetos em grandes empresas nacionais e multinacionais.

O artigo de hoje têm por objetivo mostrar três formas de exibir uma das análises mais solicitadas pelas empresas, o comparativo do realizado versus meta.

É importante que o analista de dados não se resuma a um criador de relatórios, mas que contribua com análises que ajudem os gestores em seus negócios, desse modo, é sempre bom ter pensamento crítico e utilizar todo o poder do Power BI para indicar se o número mostrado teve uma performance boa ou ruim.

Para contextualizar as análises, serão utilizados dados da Imobiliária Karpinski que contém as seguintes tabelas: 

  • dLeads: pessoas interessadas no negócio 
  • dImovel: cadastro dos imóveis 
  • dVendedores: cadastro dos vendedores 
  • fFaturamento: leads convertidos em clientes 
  • fFunil: etapas do processo de CRM 
  • fMeta: metas mensais por vendedor 

Conheça o Curso Express e inicie sua jornada de aprendizado com Power BI através de um método comprovado e passo a passo: INICIAR JORNADA.

KPI Personalizado com Texto

Figura 01 – KPI Personalizado com texto

Uma das formas de comparar o realizado versus meta, é utilizando um KPI personalizado com texto, conforme mostrado na figura 01.

A medida utilizada para deixar o texto nesse formato, é a descrita logo abaixo.

vs Meta =
“vs Meta: “ & FORMAT ( [$ Meta], “R$ 0,0” ) & ” (“
    FORMAT ( [% Dif Meta], “0%” ) & “)”

Após criar a medida, é só aplicar uma formatação condicional definindo a cor que será mostrada em caso de atingimento da meta ou não.

Gráfico de Linhas e Colunas 

Outra forma bem interessante de comparar o realizado versus a meta, é utilizando um gráfico de colunas e linhas.

Figura 02 – Gráfico de Colunas e Linhas

Note que, as colunas exibem o valor do faturamento e a linha pontilhada indica a meta, logo, as colunas vermelhas indicam meta não atingida, enquanto as colunas azuis indicam que a meta foi atingida.

Cabe ainda destacar que, para incrementar ainda mais o esse visual foi utilizado uma tooltip que mostra os valores do faturamento e da meta, além do percentual de atingimento da meta.

Para criar esse visual, basta inserir um gráfico de colunas e linhas e em seguida aplicar as seguintes configurações:

  • Colocar as métricas Faturamento no eixo X, Meta no eixo Y
  • Coloque a largura do traço como zero, e em marcadores escolha a opção “-“ 

Para aprender criar dashboards que impressionam, assista a live GRATUITA de Storytelling com Dados. ASSISTIR AGORA.

Slicer Atingimento da Meta 

Pense no seguinte cenário: o cliente deseja saber quais produtos ou vendedores atingiram a meta, e quais não atingiram através de um visual de tabela, e para isso uma simples ordenação da coluna % dif. Meta resolveria, entretanto, a usabilidade ficaria ruim podendo tornar o relatório obsoleto.

A solução para melhorar a experiência do usuário, é criar um slicer personalizado, onde com apenas um clique ele consiga filtrar a análise desejada. 

Figura 03 – Slicer Atingimento da Meta

Para criar esse visual:

  • Crie uma tabela auxiliar conforme mostrado na figura 04;
  • Crie uma medida para interagir com a tabela auxiliar, fazendo com que os dados sejam filtrados de acordo com o KPI selecionado;
  • Aplique um filtro no visual onde a seleção do status seja igual a 1, conforme mostrado na figura 05;
  • Troque o campo no visual de segmentação para KPI, e coloque a orientação “Horizontal”.
Figura 04 – Tabela Auxiliar Meta
Selecao Status =
VAR varSelecao =
    SELECTEDVALUE ( auxMeta[status] )
VAR varResultado =
    SWITCH (
        TRUE (),
        varSelecao = “Bateu”IF ( [% Dif Meta] >= 010 ),
        varSelecao = “Não bateu”IF ( [% Dif Meta] < 010 ),
        varSelecao = “Todos”1
    )
RETURN
    varResultado

Figura 05 – Filtro no Visual
Figura 06 – Configurando Segmentador

E por hoje é isso, espero que esse artigo te ajude a criar relatórios incríveis.

Para não perder nenhuma novidade sobre Power BI e sobre as próximas turmas da Power BI Experience, entre no Canal do Telegram e acompanhe as outras redes sociais.

Abraços, Leonardo Karpinski.

Compartilhe este post:

Atenção: Ao utilizar o site, você concorda que utilizemos cookies para te fornecer uma melhor experiência.